Quanto custa um serviço de SEO?

Quanto custa um serviço de SEO

É normal que uma das primeiras perguntas quando pensa em SEO seja “Quando me vai custar um trabalho de SEO?”. Depende! A resposta pode não ser a mais esperada (e até causar alguma frustração) mas parece-me a mais acertada.

Em jeito de desafio: se um serviço de SEO proporciona um retorno de 100%, 200% ou 300% do que você paga, acha que ainda lhe está a custar alguma coisa?

SEO – optimização para os Motores de Pesquisa -  é um conjunto de técnicas que visam optimizar um website para que fique bem posicionado nos Motores de Pesquisa para uma determinada palavra-chave escolhida previamente. Pode ler mais sobre o que é e importância do SEO.

Supostamente, sendo eu um profissional desta área, deveria ter uma resposta pronta para uma pergunta tão básica... A verdade é que a minha resposta continua a não ser mais que uma palavra. Mesmo antes de o cliente continuar a insistir quanto pode custar, eu explico importância de um serviço de SEO de qualidade e o meu processo dinâmico de definição do preço.

Importância de um serviço SEO de qualidade

Nesta parte é essencial o cliente compreender a importância e responsabilidade que um serviço de SEO pode ter na presença da sua empresa na Internet e o verdadeiro impacto no seu negócio.

De todos os canais do Web Marketing, o SEO apresenta-se como o mais efectivo, onde consegue o maior retorno sobre o investimento. Isto porque atinge um público específico para o seu serviço/produto e no momento mais importante da venda, que é quando o cliente está à procura do seu negócio.

Quando falo em optimização para os Motores de Pesquisa, refiro-me ao seu website ficar bem posicionado para palavras-chave que descrevam o seu negócio. Digamos, por exemplo, que é hora de almoço e faço uma pesquisa por “Restaurantes em Faro”, os primeiros resultados que aparecerem no Motor de Pesquisa têm grandes probabilidades (ou mesmo todas) de ficar com este cliente esfomeado.

Em poucas palavras SEO é isto: estar bem posicionado quando procuram pelo seu negócio nos Motores de Pesquisa.

Parece simples não é? Mas SEO está muito longe de ser simples! Longe vão os tempos que bastava optimizar um título e colocar umas palavras-chave estrategicamente que já estava em vantagem em relação a toda a concorrência. Hoje, com a forte concorrência que existe e a constante evolução dos Motores de Pesquisa, é crucial trabalhar toda a nossa presença na Internet de forma a fortalecer a nossa posição nos Motores de Pesquisa.

SEO como uma visão holística

Hoje em dia, um serviço de SEO deve olhar de uma forma global a presença de uma marca/negócio na Internet.

Um serviço de SEO engloba várias actividades, tais como: a acessibilidade e indexação nos Motores de Pesquisa, a escolha das palavras-chave valiosas, optimização do website e procura de ligações relevantes para o nosso negócio, também é vantajoso ter uma forte presença nas redes sociais e analisar as estatísticas para avaliarmos se a nossa estratégia está a resultar. Para além destas actividades, é fundamental pensar nos utilizadores do website – os nossos clientes.

Factores como usabilidade, acessibilidade e experiência de utilizador são fundamentais nesta visão global da presença na Internet. Para o sucesso do nosso negócio é fundamental que os nossos utilizadores (clientes) tenham uma experiência positiva e atinjam os seus objectivos de uma forma fácil, rápida e eficaz.

Não adianta optimizar o website nos Motores de Pesquisa se depois o website não “vende” o que as pessoas procuram. Não adianta destacar-se e receber clientes se depois eles não encontram ou sentem-se perdidos e confusos dentro do website.

Saiba mais sobre a importância da usabilidade na Web.

Todo esta visão global serve um único propósito: atingir resultados.

Assim, um serviço de SEO deve compreender o seu negócio, as suas necessidades e os objectivos a serem alcançados. Mas será mesmo assim?

Realidade do SEO

SEO não é simples ou fácil. O próprio Google baseia-se em mais de 200 critérios e actualiza-se constantemente (mais de 500 alterações por ano). Um trabalho de SEO tem que acompanhar estas actualizações diárias.

Para o cliente (e o utilizador comum da Internet) a maior parte do trabalho de SEO está escondido dos seus olhos. Estas pessoas, não têm competências para analisar e avaliar o que está a ser feito ou precisa de ser feito.

SEO é como um Iceberg: É sabido que 90% da massa de um Iceberg está debaixo de água, escondido dos nossos olhos. Passa-se exactamente o mesmo com o SEO.

SEO tem sido uma das áreas mais procuradas e faladas pelos clientes. Pessoas que ouviram falar ou que têm a noção do seu alcance. E o que tem acontecido (e acontece!) muito é que os “profissionais” têm-se aproveitado desta ignorância dos clientes e vendido SEO nas suas propostas de websites. Muitos fazem mesmo serviço regular de SEO a um preço baixo que o cliente não se importa de pagar. Acreditem em mim, este preço vale 1h ou 2h de trabalho... por mês!

Como seria de esperar, o resultado desta “brincadeira” é praticamente nulo. Conclusão do cliente: “Eu pago por um serviço SEO (ou já tive) e não funciona! Para quê pagar mais?

Este é resultado de um preço definido para satisfazer o interesse do profissional de SEO! Ele recebe a sua parte mas não consegue apresentar resultados (muito menos se compromete).

Então, quanto pode custar um serviço de SEO?

Se tem estado com atenção, terá reparado que ainda não respondi à questão inicial... Tenho estado a falar da importância, do trabalho envolvido e da realidade do SEO, mas e então quanto pode custar um serviço de SEO?!

Continuo com as mesma resposta de sempre: Depende!

Depende do quê?! Depende de muitos factores: o tipo de trabalho que é necessário fazer, a sua dimensão e qualidade, quais os objectivos, a duração do serviço, a competividade do mercado, entre outros. Normalmente o preço de um serviço de SEO é definido à hora, quantas horas serão necessárias de trabalho depende da conjugação de todos estes factores.

Todo o cliente espera alcançar excelentes resultados através do SEO, mas gosta de investir o mínimo possível. Um serviço de SEO barato pode poupar-lhe um pouco de dinheiro, mas você também não pode esperar ganhar muito com isso. Na verdade até pode nem haver retorno...

Aliás, ao procurar por um serviço de SEO, os objectivos e os resultados a serem alcançados terão que ser analisados e definidos. Um trabalho responsável de SEO compromete-se a atingir resultados. Por isso, na minha maneira de trabalhar, gosto de acrescentar (e destacar) esta variável ao cálculo anterior.

Acredito que, com a atenção centrada nos objectivos, os resultados a serem alcançados ficam em sintonia entre o profissional e o cliente. O sucesso do cliente será o meu sucesso!

E qual o retorno de um serviço de SEO?

Bom, aqui a resposta também pode ser semelhante, ou seja, depende. Mas o interessante desta pergunta é que já olhamos o SEO como um investimento e não como uma despesa.

O que você paga não é o que lhe vai custar. O valor é definido pelo retorno que recebe do seu investimento. Se um serviço de SEO proporciona um retorno de 100%, 200% ou 300% do que você paga, acha que ainda lhe está a custar alguma coisa?

SEO é investimento! Um investimento onde é possível definir objectivos e mensurar os resultados a serem alcançados. O que está disposto a investir para atingir os resultados?

E o leitor, como olha para um serviço de SEO? Qual a sua realidade e que resultados conseguiu (ou espera conseguir)?